Seca causa prejuízos de 50% em lavouras de milho no interior de São Paulo

>
Seca causa prejuízos de 50% em lavouras de milho no interior de São Paulo
Para diminuir os danos, o produtor aguarda um preço melhor para vender o milho da safra 2013/14
Produtores esperam preços melhores para vender o grão e reduzir perdas.
 

Os produtores de milho da região de Bragança Paulista, no interior de São Paulo, perderam metade da produção, por culpa da pior seca das últimas décadas. A região toda produz, em média, 100 mil toneladas de milho por ano. Nesta safra, de 50% a 70% das lavouras foram perdidas.
 
Em 30 anos, o produtor rural Valcírio Hasckel não viu situação parecida. Ele veio com a família do Estado de Santa Catarina trabalhar na agricultura em São Paulo. No fim do mês passado, apareceram os primeiros sinais de prejuízo. A seca castigou a lavoura e metade dos 550 hectares plantados não resistiu.
 
– Foi justamente quando a planta precisava de bastante água, nos meses de dezembro e janeiro – relata Hasckel.
 
O calor excessivo atingiu as pastagens e a pecuária também foi prejudicada. O número de animais precisou ser reduzido, já que o alimento não veio no volume necessário. O produtor optou por colocar culturas de inverno nas áreas de milho, para poder fazer o pastoreio com os animais que restaram.
 
Os problemas no cultivo já refletiram na cadeia.O engenheiro agrônomo Eidy Sasahara, que aluga a estrutura de armazenagem para outros agricultores diz que, neste ano, a movimentação caiu.
 
– Diminuiu bastante o fluxo de armazenagem. A colheita começa final de fevereiro, março e vai até julho. Nesta época do ano era para estar cheio de caminhão aqui descarregando – conta Sasahara.
 
O fluxo de comercialização também está parado. Para diminuir os danos, o produtor aguarda um preço melhor para vender.
 
– Todos esperavam que o preço estivesse bom nesta época, e o preço está o mesmo do ano passado. O produtor que consegue guardar está esperando valores melhores, porque já teve prejuízo na produção, então, para diminuir o prejuízo está segurando o milho – explica Sasahara.
Assista à reportagem:


Fonte: Canal Rural

 
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •