São Martinho fará teste-piloto de gás da vinhaça como combustível para veículos pesados

>
São Martinho fará teste-piloto de gás da vinhaça como combustível para veículos pesados
“O biometano produzido a partir da vinhaça pode ser utilizado em todo motor que usa diesel”, afirma José Waldir Ferrari, diretor Técnico Comercial da GasBrasiliano, empresa que em parceria com a Malosso Bioenergia, de Itápolis, SP e o Consórcio de Investidores CSO, irá implementar um projeto de produção e comercialização de gás natural renovável tendo como matéria-prima a vinhaça – subproduto do etanol, cada litro de álcool produzido gera em torno de 13 litros de vinhaça.
O projeto terá capacidade para produzir anualmente 5 milhões de metros cúbicos de biometano por meio da purificação do biogás gerado a partir da vinhaça e será comercializado juntamente com o gás importado da Bolívia. Toda a oferta será comercializada pela GasBrasiliano, concessionária de gás em 375 municípios nas regiões central, norte, nordeste e oeste de São Paulo.
Mas outra opção é utilizar o gás como combustível na frota da usina: caminhões, tratores, colhedoras -, o que representará grande redução de custo, pois substituirá o diesel, que custa mais de R$ 2 o litro, enquanto o biometano da vinhaça sairá em torno de R$0,90, segundo a GasBrasiliano. Hoje, o diesel responde por quase 60% do custo de produção das usinas.
Outra vantagem da substituição do diesel é o ganho ambiental, já que o gás da vinhaça é renovável, produto verde, sem emissão de carbono. Com a redução da queima da cana, o uso do diesel é o que mais impacta negativamente o balanço sustentável do setor sucroenergético.
Veja mais informações na revista CanaOnline. Visualize a edição no site ou baixe grátis o APP CanaOnline para tablets e smartphones – www.canaonline.com.br


Fonte: (Cana Online - www.canaonline.com.br)

 
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Compartilhar
    o conteúdo