Safra 2015/16 do nordeste, que começa em setembro, pode ser até 3,5% menor, estima Unida

>
Safra 2015/16 do nordeste, que começa em setembro, pode ser até 3,5% menor, estima Unida
Fonte da Imagem: http://www.biosulms.com.br/
A safra de cana-de-açúcar 2015/16 no Nordeste começa oficialmente em 1º de setembro e pode ser até 3,5% menor em relação à temporada 2014/15, que produziu quase 52 milhões de toneladas, afirmou ao Broadcast o presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), Alexandre Andrade. Caso essa projeção se confirme, a moagem no próximo ciclo ficaria em torno de 50 milhões de toneladas e iria na contramão do previsto pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que espera aumento de 3% na produção da região.
A queda prevista é consequência das dificuldades financeiras pelas quais passa o setor sucroenergético local, de acordo com Andrade. "Produtores e fornecedores tiveram problemas, as obrigações não foram pagas e a subvenção não saiu. Isso desestimulou o plantio e trato da cana", explicou. "Além disso, tivemos um veranico de abril ao início de junho, quando geralmente chove nos Estados de Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte."
Conforme antecipado pelo Broadcast, Andrade participou de encontro na sexta-feira com a presidente Dilma Rousseff e cobrou uma resposta sobre a subvenção de R$ 127 milhões a produtores da região, afetados pela seca em 2012/13. Segundo o representante, a mandatária prometeu dar um retorno a respeito em até 20 dias.
Ainda segundo a liderança, a tendência é que a temporada 2015/16 seja mais alcooleira do que a atual, mas ele não detalhou os porcentuais previstos para o mix de produção. Na safra vigente, o Nordeste produziu pouco mais de 3 milhões de toneladas de açúcar e quase 2 bilhões de litros de etanol total (hidratado e anidro).
25/08/15
Fonte: Agência Estado
 
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •