Processamento de cana segue firme na região Centro-Sul do Brasi

>
Processamento de cana segue firme na região Centro-Sul do Brasi
O processamento de cana na principal região produtora do país, o Centro-Sul, segue firme conforme dados divulgados nesta segunda-feira (16), pela Unica - União da Indústria de Cana-de-Açúcar. No primeiro mês da safra 2016/17, as usinas da região processaram 69 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, contra 40 milhões do mesmo mês do ano passado.
Segundo o levantamento de safra, na segunda metade de abril, 238 usinas já processavam a atual temporada. "Desse total, 28 empresas iniciaram a safra ao longo da última quinzena do mês. Em maio, outras 29 usinas devem entrar em operação", destaca nota da Unica.
Com os números apresentados, na segunda quinzena de abril, o Centro-Sul processou 36,07 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, contra 27,11 milhões de toneladas na mesma quinzena de 2015. O mix de produção ficou em 42,86% para a produção de açúcar e 57,14% para a produção de etanol.
A produção de açúcar acumulada está em 3,24 milhões de toneladas. Já a produção de etanol no primeiro mês da nova safra, somou 2,77 bilhões de litros, sendo 928 milhões de litros de anidro e 1,84 bilhão de litros de hidratado.
"A variação de moagem entre as regiões produtoras na 2ª quinzena de abril foi heterogênea. Em algumas áreas houve aumento no volume de cana processada devido ao adiantamento do início de safra por várias unidades. No Paraná, no Mato Grosso do Sul, nas regiões de Araçatuba e de Assis, por outro lado, as chuvas prejudicaram a operacionalização da colheita, com retração na quantidade moída em relação à primeira metade do mês", destacou a Unica.
A nota ainda destaca que "dados publicados pela ANP indicam que, na última semana, o preço de bomba do etanol hidratado ficou inferior a 70% do valor praticado para a gasolina em cerca de 80% dos municípios amostrados pela Agência no Estado de São Paulo. Essa vantagem econômica do etanol em relação ao seu substituto fóssil deve promover um aumento do consumo do biocombustível em maio".


Fonte: Agência UDOP de Notícias

 
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •