>
O etanol iniciou o mês de novembro sendo competitivo em apenas quatro estados do País. É o que aponta levantamento semanal de preços da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que apurou as cotações entre os dias 27 de outubro e 2 de novembro.

Segundo a ANP, dos 26 estados do País e do Distrito Federal, o preço do biocombustível na média é competitivo em relação a gasolina para os veículos flex somente em Goiás, Mato Grosso, Paraná e em São Paulo.

Em razão da diferença de poder calorífico dos combustíveis, o uso de biocombustível é vantajoso nos motores flex somente se o preço do seu litro estiver abaixo de 70% do valor do litro do combustível fóssil.

Em Goiás a relação é de 66,21%, R$ 2,939 de média do litro da gasolina contra R$ 1,946 de média do litro do etanol. Já no Mato Grosso é de 65,35% (R$ 2,999 contra R$ 1,960) e no Paraná de 67,49% (de R$ 2,864 contra R$ 1,933).

A melhor relação entre os dois combustíveis registrada pela ANP neste início de mês é em São Paulo, com 65,13%. No estado, o preço do combustível fóssil estava sendo comercializado em média a R$ 2,713 contra R$ 1,767 da média do litro do biocombustível.

No grupo dos outros 22 estados e Distrito Federal a maior média na relação entre etanol e gasolina foi registrada, conforme a ANP, em Roraima, 91,03%. No estado, o litro da gasolina era vendido até sábado passado a R$ 3,013 e o do etanol a R$ 2,743.
 


Fonte: Campo News

 
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Faça um
    Comentário
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários

Nenhum comentário até agora.