Boeing e Brasil em parceria para desenvolvimento de biocombustíveis para jatos

>
Boeing e Brasil em parceria para desenvolvimento de biocombustíveis para jatos
Novo combustível chamado de “Farnesane” é feito de açúcar derivado de plantas


A fabricante de aviões Boeing, tem colocando açúcar em seus tanques de combustível. Parece loucura, mas de acordo com Jessica Kowal, porta-voz da empresa, é a mais pura verdade e já está em uso desde 2011, tendo sido usado em mais de 1500 voos.
 
Já aprovado pela Organização Internacional de Normalização de Combustíveis de Jato, o novo combustível é chamado de “Farnesane”, e é feito de açúcar derivado de plantas. Além disso, tem poluído até 80% a menos se comparado aos combustíveis fósseis tradicionais.
 
Há alguns anos a empresa tem um programa de desenvolvimento de novas tecnologias e pesquisa na área de biocombustíveis. Com grandes investimentos e parcerias, inclusive com empresas brasileiras, o programa tem como objetivo priorizar combustíveis que poluam cada vez menos.
 
“Ele age numa mistura de 10% com o combustível de jato tradicional, e os motores tem funcionado sem qualquer alteração. Apesar de ainda ser mais caro do que o tradicional, é só uma questão de tempo até barateá-lo com novas tecnologias, que estão sendo desenvolvidas pela companhia em países como o Brasil”, explicou.


Fonte: Jornal Cana

 
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •